RELATO DE EXPERIÊNCIA E PRÁTICA DOCENTE TRABALHANDO A INTEGRAÇÃO EDUCACIONAL DE ALUNOS CEGOS

Palavras-chave: Práticas docentes, Inclusão, Didáticas, Dinamismo, Deficiência visual

Resumo

Este artigo desenvolve em seu escopo o relato de experiências vivenciadas na prática docente com estudantes cegos. Visa retratar os métodos didáticos interiorizados nesse cotidiano. A compilação de informações foi obtida de forma empírica, por meio de observações decorrentes do convívio, das descrições obtidas diretamente com os estudantes, além da pesquisa bibliográfica. A experiência evidencia o desafio que se constitui trabalhar nos moldes inclusivos, visto que a formação docente atual não antecipa exemplos de realidade, exigindo do educador uma postura dinâmica e proativa, capaz de educar no processo de integração humana do âmbito escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALTET, Marguerite. As competências do professor profissional: entre conhecimentos, esquemas de ação e adaptação, saber analisar. In: ALTET, Marguerite; CHARLIER, Eveline; PAQUAY, Léopold; PERRENOUD, Philippe. Formando professores profissionais: quais estratégias? quais competências?. Porto Alegre: ARTMED, 2001. p. 31-32.

AZAMBUJA, Guacira de; SOUZA, Carmen Rosane Segatto e; PAVÃO, Sílvia Maria de Oliveira. Cultura de educação inclusiva: a educação especial e os processos formativos de professores. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 20, n. 2, p. 291-308, jun./dez. 2012. DOI 10.17058/rea.v20i2.2770. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/2770/2249. Acesso em: 12 mar. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Pessoas com deficiência. Brasília, DF: MEC, [1999]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/32105-pessoas-com-deficiencia. Acesso em: 27 mar. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Principais indicadores da educação de pessoas com deficiência: Censo MEC/INEP. Brasília, DF: MEC, [2014?]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17655-secadi-principais-indicadores-da-educacao-especial&category_slug=junho-2015-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 12 mar. 2020.

BRZEZINSKI, Iria; GARRIDO, Elza. O que revelam os trabalhos apresentados no GT Formação de Professores da ANPED. Série Estado do Conhecimento, Brasília, DF, v. 1, n. 6, p. 303-328, 2002. Tema: Formação de Professores no Brasil (1990-1998).

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (Brasil). Câmara Nacional de Educação Básica. Diretrizes curriculares nacionais da educação básica. Brasília, DF: MEC, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-d-c-n-educacao-basica-novapdf&Itemid=30192. Acesso em: 12 de mar. 2020.

FRANCA, Inacia Sátiro Xavier de; PAGLIUCA, Lorita Marlena Freitag; BAPTISTA, Rosilene Santos. Política de inclusão do portador de deficiência: possibilidades e limites. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 21, n. 1, p. 112-116, jan./mar. 2008. DOI 10.1590/S0103-21002008000100018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ape/v21n1/pt_17.pdf. Acesso em: 12 mar. 2020.

LAMICHHANE, Kamal; SAWADA, Yasuyuki. Disability and returns to education in a developing country. Economics of Education Review, [s. l.], v. 37, p. 85-94, 2013. DOI. 10.1016/j.econedurev.2013.08.007. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S027277571300109X. Acesso em: 12 mar. 2020.

NAUJORKS, Maria Inês. Stress e inclusão: indicadores de stress em professores frente à inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Revista Educação Especial, Santa Maria, RS, n. 20, p. 117-25, 2002. DOI 10.5902/1984686X. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/5125/3105. Acesso em: 12 mar. 2020.

NUNES, Célia Maria Fernandes. Saberes docentes e formação de professores: um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação & Sociedade, Campinas, ano 22, n. 74, p. 27-42, abr. 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v22n74/a03v2274.pdf. Acesso em: 12 mar. 2020.

PEREIRA, Fabiana Kremem. Pedagogia das competências na educação profissional: contribuições da formação continuada para saberes e competência docente. E-Tech: Tecnologias para Competitividade Industrial, n. 3. esp. Educação, p. 31-52, 2013. DOI 10.18624/e-tech.v0i0.393. Disponível em: http://etech.sc.senai.br/index.php/edicao01/article/view/393/334. Acesso em: 12 mar. 2020.

RODRIGUES, David. Desenvolver a educação inclusiva: dimensões do desenvolvimento profissional. Inclusão – Revista da Educação Especial, Brasília, DF, v. 4, n. 2, p. 7-16, jul./out. 2008.

SÁ, Elizabet Dias de; CAMPOS, Izilda Maria de; SILVA, Myriam Beatriz Campolina. Atendimento educacional especializado: deficiência visual. Brasília, DF: SEESP/SEED/MEC, 2007.

SANTOS, Mônica Pereira dos. Relatório de pesquisa: ressignificando a formação de professores para uma educação inclusiva. Rio de Janeiro: UFRJ/LaPEADE, 2007.

SMEHA, Luciane Najar; FERREIRA, Iolete de Vilieger. Prazer e sofrimento docente nos processos de inclusão escolar. Revista Educação Especial, Santa Maria, RS, v. 1, n. 31, p. 37-48, 2008. DOI 10.5902/1984686X. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/8/20. Acesso em: 12 mar. 2020.

VIGOTSKY, Lev. Obras escogidas V: fundamentos de defectologia. Madrid: Visor, 1997.

Publicado
2020-12-11
Como Citar
Lucas Caldeira, V., & Silva Ferreira, H. (2020). RELATO DE EXPERIÊNCIA E PRÁTICA DOCENTE TRABALHANDO A INTEGRAÇÃO EDUCACIONAL DE ALUNOS CEGOS. Boletim Técnico Do Senac. https://doi.org/10.26849/bts.vi.807
Seção
Artigos